09 July 2013

Tem horas que parece certo fazer tudo errado.



E aos poucos ele começa a entrar na tua vida e vira-te o mundo confortável e sossegado de pernas para o ar. Ele é novidade (em todos os aspectos), e vicia-te em novos vícios. Tu não sabes ainda o que é que ele é na tua vida, não sabes o que hás-de pensar, achar ou sentir por ele. Porque ele é tudo com que tu não contavas e não esperavas que aparecesse. Mas tu ris, e ris muito com ele, perdes até a noção da linha ténue que te separa da loucura. Ele faz-te viver mais, mas não vivas demais. Ri, sorri mais um pouco*

No comments: