19 September 2011

relembrar

Faz hoje um ano que o meu pink and white stories nasceu. Foi o ano mais longo, e mais rápido de que me consigo lembrar. Por um lado, deu para acontecer tudo o que não estava planeado (em todos as perspectivas convenhamos), e por outro, lembro-me exactamente de todos os pormenores que se vieram passando desde este "começo".
Mas o melhor de tudo, é poder olhar para atrás e ter certeza que foi tudo isso, de melhor e de pior, que me fez chegar aqui hoje. Deste modo, com esta vontade, com a coragem e esperança de abraçar um novo ano do qual não duvido que vai bater aos pontos o passado. Muita coisa ficou perdida no meio de tanta previsão, mas a perspectiva melhorou, bastante, e hoje ainda consigo sorrir tanto ou mais do que há exactamente um ano!
E digo, nem metade da história podia ter sido tão cor-de-rosa sem a presença de muita gente que "passou por aqui". Em especial, my lovely Kate*

E como não podia faltar, apesar de como eu disse - do muito que se foi perdendo - a memória não me falha, e hoje, em especial amanhã (dia 20), não me esqueço de como isso existiu, e existe. Como me fez viver, como me fez aprender, e como ainda hoje me faz uma pessoa tão apaixonada. O tempo passa, e três anos é muito tempo, mas nem tudo passa com o tempo, felizmente! Agradeço-te por seres sempre tanto na minha vida, e como ainda existimos juntos. E como tanta tanta coisa nos tornou melhores pessoas Hoje, em todos os sentidos que podemos pensar. Crescemos, e havemos de crescer mais, e seja lá onde for onde havemos de chegar, só fico feliz por saber que ainda o tornamos possível, como mais ninguém.



2 comments:

Kate said...

Vou sentir saudades de tudo mas sei que no entanto vais continuar por perto, foi um ano em cheio, obrigada por todos os momentos, V * I love you till the end

Diogo Silva said...

Eñtão deixa-me reforçar a boa existencia que é a deste blog que tantas vezes venho visitar e mesmo sem comentar muitas delas nunca saio desiludido. Continua a escrever como fazes porque realmente fazes isso com uma intensidade rara. =) beijinhos vera