28 April 2011


Se temos hipótese de escolher o que nos faz feliz, então escolhamos, sem rodeios. Nem sempre sabemos para onde queremos caminhar, onde queremos chegar para o tal significado de vida, que todos nós, ao seu modo, desejamos alcançar. Nunca sabemos se as escolhas são as certas ou erradas, nem mesmo depois de vermos os seus resultados. Todas as nossas acções nos vão levar a um lugar final, que só esse, poderá ser o verdadeiro avaliador de tudo. Tudo isso nos pede tempo, paciência e muita preserverança para sabermos quem somos. Muitas são as vezes que não sabemos o que poderá ser correcto, e mais vezes ainda, deixamo-nos ir pelas opiniões que nem são nossas. Sabemos que a vida não é tão engraçada, ou fácil, ou como lhe podemos chamar de variadas maneiras, se não é acompanhada. Mas o facto é este, poucos, ou quase nenhuns, são aqueles que nos acompanham desde o primeiro ao último instante da nossa história, a que normalmente dura muitos mais anos dos que nós nos conseguimos lembrar, e é nesse ponto que devíamos aprender a ser mais autónomos, talvez mais responsáveis. Que somos seres individuais, e que mais nada nem ninguém nos pode fazer felizes e realizados, como nós próprios só por nós mesmos podemos.
A razão é esta, vamos deixar de ter medo de ficar sozinhos, vamos seguir sempre em frente quando nos sentimos mal, nada nem ninguém depende de nós, como nós mesmos. E eu consigo mesmo acreditar que em nenhum momento ficamos sozinhos, mesmo que tomemos as nossas próprias decisões sempre pelo nosso melhor!

27 April 2011


Nem sempre é fácil decidir o que dizer, ou não, às pessoas mais próximas de nós. Escolher as palavras certas para os momentos mais delicados, em que muitas vezes a nossa opinião acaba por ser muito diferente daquilo que nós achamos a posição correcta do nosso papel, de amiga. Por vezes, muitas, temos de nos saber colocar por fora do sentimento que nós próprios nutrimos, e ver-nos à distância da razão por que nos estão a pedir o conselho. Nem sempre é fácil parar de misturar o coração com a razão, de nos ver como o que julgamos ser a nossa verdadeira posição na vida dessa pessoa, e deixar o resto, tudo que surge por acréscimo com o tempo e as relações e laços que vamos criando, para trás. Ninguém entende o que isto é, sem entrar em cena, e viver o mesmo. A vida não passa disto, de encontros e desencontros, que nós julgamos como improváveis, e que não nos coube na memória de jeito algum em mais nenhum cenário. Mas um dia, esse dia chega, a junção de coisas destas dá-se, e a última reacção, mais inesperada, surge. Até que chegamos ao dia em que acordamos, e já pensamos na próxima vez, porque queremos e até gostamos. E o mais difícil, é vermo-nos sem isso.

26 April 2011


Simplesmente é tudo que preciso por hoje!

25 April 2011


A mudança do tempo tem que se sentir por aqui, o pior deste mundo online é não conseguir mostrar exactamente como o sol e o vento sabem bem nos dias de "Verão". As férias acabam-se já hoje, por isso é começar o estudo, a vontade de acordar e deitar cedo, e contar os dias até às próximas férias.
E para resumir, as férias foram maravilhosas e deixaram-me renovada, mas sinceramente, acho que já não me sentia tão cansada assim depois de tanta boa vida!

14 April 2011



As férias finalmente chegaram! E como tal, sábado é dia de juntar as malas, rumo à estação e viajar para onde o sol e o céu estão mais perto de nós... Mal posso parar de contar os minutos, umas óptimas férias Mundo *

09 April 2011


Às vezes é preciso uma pausa, umas mini-férias no meio do quotidiano, do trabalho que parece não ter fim e demora uma eternidade para entrar no devido termo FÉRIAS! Este tempo tem dado cabo de mim, não só pela grande vontade que tenho em todos os dias vestir a roupa mais fresca possível e deixar tudo para trás rumo à diversão, mas pelas infernais dores de cabeça que me deixam exausta todas as noites. Ando um pouco desligada da vida, desta vida que costumo ter, mas é por bons motivos (espero eu), é por andar extremamente feliz e ocupada que ando longe, e isso é bom não é? E logo à noite, os anos da pirrs esperam-me, e eu só preciso de ganhar uma enorme vontade de me ir arranjar :)

04 April 2011

Hoje só quero deixar a coisa mais linda que me lembro de ouvir desde há uns tempos, fica aqui para todos pensarem e sonharem, porque é maravilhoso :)




Metade - Oswaldo Montenegro