14 March 2011

hoje e sempre

Acreditando ou não, ficámos assim. Seguimos pela frente um do outro, por caminhos cruzados mas que acabam separados. E assim fomos, com a ausência de sorrisos e palavras carinhosas, mas fomos.
E agora, depois da "derrota", da "chapada de luva branca" da vida, é mais uma vez erguer a cabeça como ganhei hábito nos últimos meses. É tornar-me feliz por mim mesma, mostrar-me orgulhosa e ambiciosa pelas conquistas, passadas e futuras. Agora é olhar pelas boas coisas, pelo que realmente pode ter sentido, não só hoje e amanhã, mas a longo prazo, porque é exactamente para aí que caminhamos.
E, mais uma vez, obrigada por quem me esticou a mão, por quem não me largou na hora, por quem me fez cumprir promessas. Por quem me faz feliz todos os dias.

No comments: