14 November 2010

retórica I


O que é irónico no meio disto tudo, reparem bem, é que não conheço quase mais ninguém assim. Que acredite tanto como eu. Que lute tanto como eu. Que dê tanta importância como eu. Que não goste de silêncios e ausências como eu. É mesmo assim, assim! Ninguém persiste tanto, ninguém promete tanto de si para sempre. Mas acho que é irónico não é? É a força do destino de me arrastar para caminhos que eu não quero, para me mostrar que os meus planos são apenas brinquedos nas mãos do tempo. Já percebemos. Afinal há alguma coisa contra ao ser-se apaixonado?! Ter-se paixão pela vida, pelo melhor que a vida pode oferecer no meio dos maus momentos?
Enfim, acaba por ser irónico mesmo. Acaba por massacrar e destruir o sossego que demora tanto a conquistar-se.
p.s. Se calhar devia-se chamar ironia I

2 comments:

Marta said...

Tudo é irónico na vida. Desde da chuva num dia lindo de casamento, bem como a partida de alguem que gostamos, supostamente para parte incerta, mas que será melhor do que estava antes de partir.

Helena Coelho said...

Novamente a sentir cada palavra meu amor.
Amanhã mando-te mensagem. <3