24 September 2010

estou bem


Eu estou numa fase nova da minha vida, não apenas a nível de 'carreira', cheio de escolhas difíceis, com momentos insuportáveis de saber lidar, mas como a nível pessoal. Encontrei um limite para mim, uma maneira de estar bem todos os dias, em alguma hora do dia pelo menos. Fiz uma escolha que se calhar ninguém nesta fase estava disposto, que se calhar ninguém percebe as melhores razões, ou sequer a minha credibilidade de viver com isso. Eu optei por me viver a mim! A mim duma forma nova, duma forma saudável que dá novos contornos aos meus objectivos, que me dá força para ser feliz e encarar os meus monstros quando eles são quase maiores que eu. E quando eu digo, que escolhi viver por mim, não digo que me tornei egocêntrica, sem precisar de mais ninguém, muito pelo contrário. Descobri que nunca precisei tanto de carinho como agora, de um amor que eu possa sentir que me enche o coração e alma, dos pés à cabeça, e que me faz viver sempre que possível, todos os dias em volta do mesmo. Se pudesse comprava agora uma casa só minha, em que entrasse apenas lá comigo quem nós sabemos, 24 horas por dia, todos todos os dias. Sem nunca me cansar. Encontrei um amigo, um namorado, uma segurança e um futuro numa só pessoa, e isso é o que me realiza todos os dias, para adormecer e acordar todos os dias feliz! E por muito que me possam julgar por essa minha escolha e minha entrega, eu aprendi a sentir só por mim, sem que os outros 'saibam mais que eu da minha vida'. E se eu consigo acreditar no para sempre, melhor que todos os outros, vou desfrutá-lo diariamente.

E estou bem!

No comments: